E-mail marketing na prática: 5 coisas que você precisa mesmo saber

Como está a sua estratégia de e-mail marketing? Você sabia que esse meio tem o potencial para ser o maior gerador de conversão da sua empresa? Para isso, é necessário acertar na abordagem e saber usar os recursos disponíveis.

Existem cerca de 3,9 bilhões de contas de e-mail em todo o mundo. Trata-se de uma base de público gigantesca para a sua empresa aproveitar. O e-mail marketing consegue ter uma taxa de cliques até seis vezes maior do que os outros meios, tornando-se uma das ferramentas mais estratégicas para as empresas impactarem a audiência certa com uma comunicação adequada.

Quer acertar mais com o e-mail marketing? Siga essas 5 dicas abaixo.

1. Divida as suas listas

Quem disse que você precisa fazer o mesmo disparo de e-mail marketing para toda a sua audiência? O real valor desse meio de comunicação está em personalizar o conteúdo, e você consegue um grau de identificação ainda maior quando cria uma estratégia diferente para partes separadas do público.

 Divida-o com base em algum critério que faça sentido para o seu negócio, como a data da última compra, os tipos de produtos mais consumidos ou os dados demográficos. Depois, basta desenvolver a comunicação adequada para essas pessoas.

2. Acerte no campo do assunto

O assunto é o primeiro elemento que o público vê ao receber um correio eletrônico. Portanto, ele é decisivo para fazer com que a sua taxa de abertura melhore bastante. Para acertar nessa área, você precisa conhecer bem o perfil de quem pretende atingir para implementar a linguagem que mais incita um senso de urgência.

E lembre-se: evite prometer no título o que o conteúdo não vai cumprir. Esta atitude causa quebra de confiança.

3. Ofereça algo de valor

Por que alguém abrirá o seu conteúdo? Com a sobrecarga de informação que as pessoas estão vivendo hoje em dia, elas passam a ficar mais seletivas em relação às informações que consomem.

Portanto, o seu material enviado precisa oferecer algo verdadeiramente interessante ao seu público, senão nem vale a pena enviá-lo. Mande cupons de desconto, promoções exclusivas, vale-brindes ou até mesmo informações importantes que tenham sintonia com o público.

4. Seja humano

As pessoas preferem mil vezes interagir com uma pessoa do que com uma corporação sem identidade. Use seu nome verdadeiro no campo do remetente e utilize uma linguagem que tenha identificação com o seu público-alvo.

O e-mail é essencialmente uma conversa, então vale a pena experimentar uma abordagem mais próxima disso. Estude o tom geral do tipo de conteúdo consumido pela sua audiência e implemente essa ideia em seus envios.

5. Analise seus resultados

Mesmo depois de seguir todas essas dicas, você ainda não vai ter tudo o que precisa para acertar no e-mail marketing. Isso acontece porque falta um passo bem importante: medir os resultados obtidos com os seus envios.

É somente com a mensuração dos dados que você pode ter certeza de que ideias deram certo e quais delas precisam de ajustes. Desse jeito, é possível conhecer muito melhor o perfil de sua audiência e, a cada disparo, enviar um correio eletrônico cada vez mais alinhado às expectativas dela.

Ao seguir essas dicas, você vai contar com todas as ferramentas que precisa para tornar o seu e-mail marketing cada vez melhor. Trata-se de uma maneira altamente eficiente de impactar as pessoas certas com a mensagem mais apropriada e o momento mais adequado.

E fique alerta: esse equilíbrio somente ocorre depois de realizar experimentos e medir resultados.

Falando em garantir o seu sucesso por meio das métricas certas, veja aqui no blog quais são os indicadores mais importantes para analisar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.